terça-feira, 6 de setembro de 2016

Harmonização: sentindo e experienciando os espaços.


Minha ideia original é fazer uma postagem para cada um dos cinco sentidos básicos e seus elementos correspondentes e aprofundar bastante o estudo da domoterapia, mas para iniciar setembro resolvi fazer uma breve introdução de como a integração de terapias a eles relacionadas contribuem para a harmonização ambiental e o Feng Shui de uma residência, ou local de trabalho. 

VISÃO 
Dentre os sentidos básicos a visão é, numa primeira análise, o que tem uma relação maior com a arquitetura como é percebida pelo leigo, visto que são composições de formas e cores que impactam o olhar.
As formas geométricas trazem significados e se relacionam com os 5 elementos (cultura tradicional chinesa), assim como e as cores também trazem seus significados e vibrações sensoriais, bastante estudadas da cromoterapia.
Um ambiente é mais alegre e solar com o amarelo. Uma linha horizontal ou vertical tem seus signos, esta última nos ajuda na concentração, enquanto a primeira nos remete a vastidão do horizonte. Ou ainda, "tudo é geometria".       

Unite Here Health LA Office / Lehrer Architects


TATO 
O tato nos traz fortemente a questão das texturas e materiais, perceptíveis ao toque.

 http://www.archdaily.com/794620/the-treehouse-wee-studio

Na cultura tradicional chinesa são 5 elementos a serem equilibrados (A Teoria dos Cinco Elementos, ou Cinco Fases, integra a base da teoria da Medicina Tradicional Chinesa. Os primeiros registros referentes a esta teoria datam do período que permeia os séculos 476-221 a.C., marcando a observação e obtenção de padrões dentro da natureza, e a sua extensão ao organismo humano.), entram a madeira e o metal, e nesta cultura o ar não é considerado um elemento, sendo o "QI"  - a força cósmica que criou e permeia todo o universo.   
  • Metal 
  • Água
  • Madeira
  • Fogo
  • Terra
 OLFATO
O sentido das paixões, tem muita tradição em diversas culturas, desde a perfumaria ocidental até os incensos orientais - nos shoppings e grandes centros comerciais, é usado como estratégia de captar o cliente para a experiência de compra. Os estudos de aromaterapia cresceram e hoje temos vários sistemas de óleos essenciais  -  http://terra-flor.com/ - que atendem a diversas necessidade terapêuticas.  São fundamentais para o trabalho da Geobiologia na Harmonização Ambiental.    


AUDIÇÃO

A música por si já é terapêutica, no entanto a musicoteapia é um estudo essencial para a harmonização de ambientes. O som de diversos instrumentos (tambores, sinos, maracás), da natureza, golfinhos, da voz (mantras, sutras) e músicas específicas podem alterar a atmosfera de um local e elevar as vibrações.  Todos já passamos por experiências que intuitivamente nos comprovam a importância da audição. Assim como o olfato, também é usada estrategicamente em diversos ambientes: comerciais, consultórios e etc.
O ritmo, a vibração, o timbre, a frequência e notas específicas são usadas em trabalhos terapêuticos da domoterapia, da limpeza à manutenção energética.       




Tabela com a correspondência da teoria dos 5 elementos (onde cada elemento já corresponde a um sentido).

PALADAR
Como podemos ter água na boca por um ambiente? Temos como provar um espaço? Ao meu ver se interliga com todos os outros sentidos, comemos com os olhos, sentimos o olfato, a textura do prato, ops, do lugar. Uma casa pode ser doce ou amarga, com certeza a alimentação e nutrição é uma ferramenta poderosa de transformação e serve como os demais sentidos como uma forma de oferenda. Neste sentido, figurado, podemos saborear um espaço - são atribuídos no Feng Shui sabores aos cinco elementos.
 

Uma vez entendido que o espaço não é só a composição de barreiras e elementos físicos que o compõem, mas sim os eventos que ali ocorrem, deslocamentos e movimentos de corpos, fica mais fácil o entendimento de como as técnicas do Feng Shui e os cinco elementos estão interagindo nos ambientes e como nossos sentidos percebem estas interação.  


5 ELEMENTOS COMO MOVIMENTOS:

Madeira: (FORMAÇÃO) – solidez, produção
Fogo: (ASCENÇÃO) – calor, impulso, combustão
Terra: (ESTABILIZAÇÃO) – nutrição
Metal: (CONTRAÇÃO) – solidez, congelamento, resiliência
Água: (DESCIDA) – liquidez, fluidez, solução

Os sentidos não se esgotam nestes cinco conhecidos, temos o magnético entre outros (há quem diga que são 21 sentidos) a serem considerados também na harmonização ambiental. A questão intrínseca é a tomada de consciência da interação existente entre o corpo (considerado nossa primeira casa) e o espaço edificado (terceira casa, já que a vestimenta é o segundo abrigo) e estreitar positivamente esta relação através dos sentidos. Sds.  

Nenhum comentário:

ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA

O ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA , ou ATELIE   compartilhado com o arquiteto e fotógrafo Jean Peixoto tem como endereço a CLN 211, Bloco A, sala ...