quinta-feira, 4 de maio de 2017

Harmonizando com o Feng Shui IV

Uma família estava sentindo problemas de saúde e a mulher intuiu que poderia ser algo relacionado a disposição dos móveis da casa e queria fazer o Feng Shui, mas me pareceu preocupada que não fosse uma sistema de superstição e crença cega. Já na primeira visita visualizei a cama de casal com as cabeças voltadas para uma parede onde passam instalações hidráulicas e para piorar a cama sem uma cabeceira que isolasse de tais instalações.

O dormitório é o lugar por excelência do repouso, onde repomos as energias e temos que ter um cuidado, não é o primeiro caso que visualizo e que a pessoa que dorme nesta condição tem problemas de saúde. Os celulares e eletrônicos nos dormitórios são um capítulo a parte que merecem uma postagem a parte.

Numa consultoria anterior sobre a "cabeceira" da cama  havia um nicho cheio de livros pesados que também interferia na saúde do morador - é a força da atração magnética exercida neste objeto sobre a cabeça de quem dorme suas preciosas horas de descanso.
 Estamos falando de saúde, e já existem muitos trabalhos sobre o assunto. Uma referência é o "O Grande Livro da Casa Saudável"  do Mariano Bueno, Geobiólogo que fala dessa ciência do habitat. 
 O Feng Shui é uma das ferramentas de trabalho que utilizamos para tomada de consciência e foco nas intenções que permite organizar harmonicamente a residência com um propósito bem definido, equilibrando as energias, utilizamos também a radiestesia, e estudos da geobiologia para harmonização.




ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA

O ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA , ou ATELIE   compartilhado com o arquiteto e fotógrafo Jean Peixoto tem como endereço a CLN 211, Bloco A, sala ...